Ciee tem 1,8 mil vagas abertas e revela que 5 mil jovens estão estagiando

Vagas de estágio aumentam quase 20% em Goiás, aponta instituto

Com o aumento das oportunidades de estágio, o nível de exigência na hora de uma empresa contratar profissionais também sobe. De acordo com o Centro de Integração Empresa-Escola (Ciee), 5 mil jovens ocuparam novas vagas de estágio este ano e pelo menos 1,8 mil oportunidades estão disponíveis em Goiás. 

Para se candidatar a alguma das vagas disponíveis, o estudante pode acessar o site do Ciee ou do Instituto Euvaldo Lodi (IEL) e conferir algumas das oportunidades.
O estudante de administração de empresas, João Paulo Menezes, entrou na faculdade e, em seguida, conseguiu uma oportunidade de aprender a profissão na prática. Ele considera importante a relação com profissionais experientes e diz que isso complementa o aprendizado da universidade. "Todo mundo ajuda, a cada dia aprendo uma coisa nova com as pessoas", afirmou.

Apesar de estar na condição de aprendiz, João Paulo diz que isso não tira a responsabilidade e o compromisso com um trabalho bem feito, com isso ele já faz planos para o futuro. "Se eu errrar acabo prejudicando outras pessoas. Eu tenho 18 anos, quero ser um diretor e o estágio que vai abrir esta porta", considerou.

De acordo com a supervisora do Ciee, Vanildes Rabelo, além de ser uma fase importante da formação profissional, o fato dos jovens estarem estagiando cada vez mais, aumenta o nível de exigência do mercado de trabalho. "É alguém que chega com a teoria e com a capacidade de colocar em prática. Com certeza leva muito para o gestor e para a empresa", avaliou.

De acordo com ela, as profissões que mais estão em evidência são: tecnologia da informação, administração e marketing. No IEL foram ofertadas pelo menos 13% a mais de oportunidades de estágio do que no ano de 2015. Apesar da maioria das vagas terem sido preenchidas, o gerente de mercado do insituto, Marcelo Melo, afirma que ainda há muitas oportunidades disponíveis.

"Nós chamamos esse período de alta temporada. Muitos desses jovenes às vezes começam já no mês de março porque é após o carnaval, após as férias. Significa que no mês de março haverá grande quantidade de contratos vencendo", esclareceu.

 

Fonte: G1