Poupança tem pior 1º semestre em 3 anos

Valor representa queda de 66% sobre a captação alcançada no mesmo período de 2013, segundo BC

A caderneta de poupança atraiu menos recursos dos investidores na primeira metade deste ano. Os depósitos neste fundo de investimentos superaram os saques em R$ 9,6 bilhões no primeiro semestre de 2014, segundo dados do Banco Central. O valor é o menor em três anos e representa queda de 66% em relação ao resultado do mesmo período de 2013 (R$ 28,3 bilhões).

Em junho, a captação foi positiva em R$ 3,2 bilhões, melhor resultado do semestre. No mesmo mês do ano passado, entraram R$ 9,5 bilhões, o maior para o primeiro semestre de 2013. O aumento no saldo de recursos depositados cresceu 5% no primeiro semestre em relação ao mesmo período do ano passado, para R$ 627 bilhões.

O crescimento considera a diferença entre depósitos e retiradas somada à remuneração das aplicações.

Conforme noticiou a reportagem na semana passada, os fundos de investimento também tiveram desempenho fraco no período. Captaram R$ 1,98 bilhão no semestre, pior desempenho desde 2002, início da pesquisa da Anbima (associação do mercado de capitais).

Com a Selic em 11% ao ano, a poupança - tanto para depósitos até 3 de maio de 2012 quanto após essa data - rende 0,5% ao mês mais Taxa Referencial (TR). Caso a taxa básica de juros fique igual ou abaixo de 8,5% ao ano, o rendimento da caderneta com depósitos após 4 de maio de 2012 cai para 70% da Selic mais TR. (Folhapress)

 

Fonte: O Hoje