Outubro Rosa é um alerta para prevenção de câncer de mama

O mundo ficou mais cor de rosa a partir de 1º de outubro. E por uma causa justa.

Iniciado nos Estados Unidos nos anos 1990, o movimento Outubro Rosa espalhou-se por vários países, inclusive Brasil, com o objetivo de alertar as mulheres sobre a importância da realização de exames de detecção de câncer de mama.

Afinal, as chances de cura para esse tipo de tumor chegam a 95% quando diagnosticado precocemente, segundo o Inca (Instituto Nacional de Câncer). A estimativa do instituto é de que 57.120 novos casos de câncer de mama sejam diagnosticados neste ano.

A orientação é de que toda mulher acima dos 40 anos deve fazer mamografia todos os anos. Já as mulheres acima de 50 anos devem realizar mamografias a cada dois anos ou de acordo com recomendação médica. Para quem tem câncer de mama na família, principalmente mãe e irmã, o exame deve ser feito a partir dos 35 anos.
 

Fonte: Força Sindical