Confira os votos dos deputados goianos no fator previdenciário

A deputada Flávia Morais (PDT) foi a única da base aliada do governo a votar com a oposição

Doze deputados federais goianos que compõem a oposição ao governo Dilma Rousseff na Câmara dos Deputados votaram favoráveis a mudanças das regras do fator previdenciário. A deputada Flávia Morais (PDT) foi a única da base aliada do governo a votar com a oposição. Apenas quatro goianos votaram contra a mudança e dois não estavam presentes (veja lista abaixo)

 

A alteração aprovada na Câmara permite que a mulher se aposente de forma integral quando a sua idade e tempo de contribuição somados cheguem a 85 anos. No caso dos homens, a soma entre idade e tempo de contribuição deve ser de 95 anos. Com essa regra, a aposentadoria seria integral em relação ao salário-de-contribuição. Medida ainda passará pelo Senado.

 

Para os professores, haveria diminuição de 10 anos em relação a esses parâmetros. A medida foi aprovada na noite desta quarta-feira (13) por 232 votos a 210 e 2 abstenções e representa a primeira grande derrota do governo nas votações sobre o ajuste fiscal. O governo teve traição até mesmo em seu partido o PT. Nove deputados do partido foram a favor da mudança no fator previdenciário.

SIM

Flávia Morais (PDT) 

Delegado Waldir Soares (PSDB)

Roberto Balestra (PP)

Marcos Abrão  (PPS)

Heuler Cruvinel (PSD)

Alexandre Baldy (PSDB)

Célio Antônio da Silveira (PSDB)

WaldirSoares (PSDB)

Giuseppe Vecci                (PSDB)

João Campos (PSDB)

Lucas Vergílio (SD)

Fábio Sousa (PSDB)

 

NÃO

Daniel Vilela (PMDB)

Pedro Chaves (PMDB)

Magda Mofatto (PR)

Rubens Otoni (PT)

 

AUSENTES

Jovair Arantes (PTB)

Sandes Júnior (PP)

 

 

Fonte: O Popular