Lei deve reduzir preço de seguro

Expectativa é de que os valores tenham queda de até 20% e contribua para popularização do serviço

Um ano após ser aprovada, a Lei do Desmanche entra em vigor amanhã. As novas regras possibilitam utilizar peças usadas em reparos e reduzir a incidência de roubo e furto de veículos, fatores que influenciam no preço do seguro. Por isso, é esperado até 20% de redução no valor, de acordo com o Sindicado dos Corretores de Seguros, de Capitalização e de Previdência Privada do Estado de Goiás (Sincor-GO).

A legislação federal permite que peças consideradas aptas para reúso sejam vendidas por empresas credenciadas ao Detran e utilizadas para reparo de veículos segurados, o que não era aceito pelas seguradoras. "A aprovação do seguro popular, posteriormente, vai permitir colocar as peças usadas nos veículos", diz o diretor do Sincor-GO, Haílton Costa Neves.

Ele afirma que isso não significará perda de qualidade, porque as peças precisam estar em perfeito estado. "Ao optar pela modalidade que permite o reúso, o preço deve cair." O chamado seguro popular tem objetivo de simplificar regras e processos para baratear a apólice, mas ainda não "decolou" e uma das justificativas é a não permissão do uso de peças antigas.

Novos clientes

O autônomo Bruno Anderson Freitas Marques, 30, é um dos motoristas que têm interesse em contratar um seguro, caso o preço fique mais acessível. "Eu pagava R$ 1,5 mil. No ano passado, fui renovar e subiu para R$ 2,6 mil. Para mim não deu mais." Cartão de crédito, aluguel e outras parcelas a quitar adiam a vontade de proteger o carro da família.

"Sem seguro a gente fica preocupado e tem de confiar em Deus. Estou torcendo para diminuir o preço." Em Goiás, de acordo com dados da Superintendência de Seguros Privados (Susep), pouco mais de 24,4% da frota tem seguro. "Temos expectativa de que realmente aumente a base de clientes, pois a baixa de preço faz com que entrem outras pessoas que não tinham condições de contratar um seguro", acrescenta Haílton.

 

Fonte: O Popular