Procon divulga pesquisa de preços para o Dia dos Namorados

O menor preço encontrado foi de R$ 142, enquanto o maior chegou a R$ 259

O Dia dos Namorados, comemorado em 12 de junho, sexta-feira, é considerada a terceira melhor data para o comércio e para ajudar esses consumidores, o Procon Goiás, pesquisou 39 itens sugeridos para presentear, em 25 estabelecimentos de rua e shopping.

No caso de produtos idênticos como os perfumes importados, a variação pode chegar a 82,39%. É o caso do perfume feminino Fantasy - Britney Spears de 50 ml. O menor preço encontrado foi de R$ 142, enquanto o maior chegou a R$ 259. O perfume masculino com maior variação foi o Ferrari Black de 125 ml, com preços entre R$ 239 e R$ 329. Diferença de 37,66%.

Variações

A cesta de café da manhã - montada - tamanho grande, teve variação de 57,23%, com preços entre R$ 127,20 e R$ 200. No caso das cestas, além da pesquisa de preços, é importante o consumidor avaliar a qualidade e a quantidade dos produtos em cada cesta, que difere de cada estabelecimento. O levantamento constatou que com relação ao mesmo tamanho da cesta (grande), a quantidade pode variar entre 42 a 63 itens.

Já o buquê de rosas com 12 unidades, cuja variação entre menor e maior preço chegou a 42,86%, foi encontrado ao valor menor de R$ 70, enquanto o maior valor chegou a R$ 100. Dentre as flores, o vaso de gérbera foi o item com maior variação. O menor preço foi encontrado a R$ 15 e o maior, a R$ 80. Variação de 433,33%.

Aumentos registrados nos últimos 12 meses

No caso dos produtos idênticos (mesma marca/modelo/gramatura), os perfumes importados tiveram aumento considerável nos últimos 12 meses. O feminino Paco Rabany - Lady Milion (50 ml), que em maio de 2014 era vendido ao preço médio de R$ 277,56, atualmente está custando R$ 324,19, aumento médio de 16,80%. Já o perfume masculino Hugo Boss de 100 ml teve aumento médio de 10,53%. Em maio do ano passado, era vendido ao preço médio de R$ 364 e atualmente custa R$ 402,33. Com relação às flores, o maior aumento registrado ficou com o buquê de rosas tropicais, 12 unidades, passando do preço médio de R$ 75 em maio de 2014 para R$ 106,50 atualmente, aumento de 42%.

Dicas

Como é esperado um movimento maior no comércio comparado com os dias normais, o ideal é sair de casa já com uma definição do que pretende comprar e quanto poderá gastar. Isso facilita o controle do orçamento e, principalmente, a pesquisa de preços e comparação da qualidade do produto. Seja qual for o produto que pretenda adquirir, a nota fiscal é essencial, pois ela é a garantia de que seus direitos como consumidor serão resguardados.

Sobre as trocas de presentes, as peças do vestuário, calçados, etc, sempre são interessantes avaliar a possibilidade de troca por motivo de gosto (tamanho, cor, etc), antes mesmo de finalizar a compra. O Procon informa que o fornecedor não é obrigado a efetuar a troca por esse motivo. Caso seja firmado esse acordo, de preferência por escrito, este deve ser cumprido pelo fornecedor dentro do prazo previamente estabelecido.

Produtos eletrônicos, sempre que possível, peça para que seja testado antes da compra. Ao chegar em caso algum problema for constatado no produto, o lojista não será obrigado a efetuar a troca. De acordo com as regras do Código de Defesa do Consumidor, o produto, dentro do prazo de garantia, deverá ser encaminhado à assistência técnica que terá um prazo de até 30 dias para solucionar o problema.

 

Fonte: O Popular