Bancários decretam greve a partir de 6 de outubro

Categoria reivindica reajuste salarial de 16%, melhores condições de trabalho e fim das filas com mais contratações de bancários

Bancários de Goiás decretaram greve por tempo indeterminado a partir do próximo dia 6 de outubro. A decisão foi tomada nesta quinta-feira (1), em assembléia promovida pelo Sindicato dos Bancários do Estado. 

A categoria rejeitou a proposta apresentada pela Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) de 5,5% de reajuste salarial, mais abono de R$ 2.500,00, por considerá-la desrespeitosa e irresponsável. 

Entre as principais reivindicações está um reajuste salarial de 16% (reposição da inflação do período de setembro 2014 a agosto de 2015, mais 5% de aumento real); Vales alimentação, refeição, 13ª cesta e auxílio-creche/babá de R$788,00 ao mês; Melhores condições de trabalho; Fim das metas abusivas e do assédio moral; e fim das filas com mais contratações de bancários. 

 

Fonte:Força Sindical