Campanha Novembro Azul

A campanha Novembro Azul aborda a saúde integral do homem.

Images

Conscientizar os homens a adotar cuidados que previnam as doenças que mais afetam a população masculina. Esse é o objetivo de uma série de ações que a Secretaria da Saúde de Goiás, por meio da Superintendência de Políticas de Atenção Integral à Saúde (Spais), vai realizar neste mês. As atividades, em parceria com várias instituições e entidades, integram a programação da campanha Novembro Azul.

Implementada, em 2008, pelo Instituto Lado a Lado pela Vida, a campanha Novembro Azul foi voltada inicialmente à prevenção do câncer de próstata. Após a instituição da Política Nacional de Atenção Integral à Saúde do Homem, por meio da Portaria nº 1.944, de 27 de agosto de 2009, que abarca homens de 20 a 59 anos, outras necessidades e peculiaridades relacionadas à saúde masculina foram sendo detectadas, algumas com índices de morbimortalidade maiores que os índices do câncer de próstata.

Diante deste contexto, o Ministério da Saúde, em parceria com o Instituto Lado a Lado pela Vida e a Sociedade Brasileira de Urologia, optou por enfocar, no Novembro Azul, a saúde integral do homem em todas as suas especificidades e não somente no câncer de próstata. Neste ano, a campanha visa estimular o autoexame nos homens, por meio do slogan Autoexame é coisa de homem!.

Ao incentivar o autoexame, a campanha objetiva estimular o  autocuidado na população masculina e, o diagnóstico de outras duas patologias que geram consequências bastante devastadoras: o câncer de testículo e o câncer de pênis. "Outras afecções e agravos que podem atingir os órgãos genitais dos homens também podem ser observados com o autoexame, como lesões de infecção por sífilis e HPV", orienta o coordenador da saúde do homem Murilo Simiema Campos.

Causas de morte
Registros do Ministério da Saúde demonstram que as causas externas, nas quais estão incluídas mortes violentas como assassinatos e acidentes, são responsáveis por 41% dos óbitos da população masculina de 20 a 59 anos. Em segundo lugar aparecem as doenças do aparelho circulatório, entre as quais acidente vascular cerebral, infarto, arteriosclerose e aneurisma, com 18% dos casos. Os diferentes tipos de câncer ocupam a terceira colocação nas causas de mortes dos homens, com 9% dos registros. O câncer de próstata é o 13ª tipo desta doença mais incisivo nos homens de 20 a 59 anos e o 2ª tipo de câncer que mais causa a morte na população masculina idosa, com mais de 60 anos.

Confira a programação da campanha

04-11 - Ação: Palestra sobre a Saúde do Homem -

Local: CPP/Aparecida de Goiânia
Público-alvo: Privados de Liberdade
Técnicos: equipe técnica de Saúde do Homem

07-11 - Ação: Participação em evento proposto pela Organização Jaime Câmara

Local: Organização Jaime Câmara
Técnicos: equipe técnica de Saúde do Homem

08-11 - Ação: Roda de Conversa - Serviço Especializado e em Medicina do Trabalho do HDT (Sesmt)

Local: Hospital de Doenças Tropicais
Técnico: Leandro Silva Ferreira , Luíza Fagundes e Maria Vitória Evangelista

10-11 - Ação: Oficina de Lançamento do Guia Pré-natal do Parceiro do Guia do Agente Comunitário da Saúde

Local:  SEST-SUS/ Goiânia
Técnicos: equipe técnica de Saúde do Homem

11/11 - Roda de conversa em comemoração ao Dia Internacional de Saúde do Homem

Local Instituto Federal de Goiás (IGF), no período vespertino

16-11 - Ação: Palestra sobre Saúde do Homem

Local: Condomínio Solidariedade
Horário: 9 horas.
Técnica: Luíza Fagundes

17-11 - Ação: Mesa Redonda sobre a Saúde do Homem

Horário: 9 horas.
Local: a definir
Técnicos: equipe técnica de Saúde do Homem

18-11 - Ação: Palestra sobre Pré-natal masculino no projeto mamãe e papai coruja

Local:  Serviço Social da Industria da Construção do Estado de Goiás (Seconci)
Horário: 8 horas
Técnica: Luíza Fagundes

23-11 - Ação: Palestra sobre a Saúde do Homem

Local:Centro de Integração Empresa-Escola (Ciee)
Horário: 9 horas
Técnico: Leandro Silva Ferreira

25-11 - Palestra Projeto Mamãe e Papai Coruja

Local Serviço Social da Indústria da Construção no Estado de Goiás (Seconci)

Mais informações:(62) 3201-3784, 3201-3816 e 3201-3811

*Comunicação Setorial da SES

Fonte: goiasagora.go.gov.br