Goiânia é a 2ª Capital em geração de empregos

Goiânia é a 2ª Capital em geração de empregos

Empregosgoias

A modernização da administração municipal realizada pela atual gestão com o lançamento dos programas Alvará Fácil, Mapa Digital Fácil, Uso do Solo Fácil para destravar empreendimentos já surtiu efeito em 2017 e gerou 4.316 novos postos de trabalho na Capital. Goiânia foi a segunda capital na geração de vagas no país, atrás apenas de São Paulo que criou 9.871 empregos com carteira assinada. 

Os projetos que desburocratizam os serviços foi uma determinação do prefeito Iris Rezende, que desde o início da gestão levou a informatização do acesso de licenças, alvarás para liberação de obras que geram emprego e renda, que antes demorava no mínimo 30 dias, e hoje são concedidas em até 24 horas.

Entre os 27 estados, 17 voltaram a criar vagas entre janeiro e novembro, incluindo Goiás que foi o quinto melhor puxado por Goiânia e Aparecida, esta última também entre as líderes no levantamento. O fechamento de postos ainda ocorre em três estados do Norte, seis do Nordeste e um do Sudeste, o Rio de Janeiro. A pesquisa analisou os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho, que contabiliza empregos com carteira assinada.

No lançamento de um dos programas no ano passado, o prefeito destacou que a determinação é colocar a tecnologia à serviço da população para diminuir a burocracia e promover acesso rápido aos serviços. "Neste ano lançaremos novos projetos e nosso objetivo é alcançar todas as áreas da administração municipal", disse.

Desde o lançamento do Alvará Fácil, em abril do ano passado mais de mil engenheiros foram cadastrados, dois mil projetos liberados, com mais de 300 mil m2 de áreas aprovados. O fim da burocracia gerou empregos e diminuiu as incertezas na economia goianiense. 

 

Fonte: Jornal O Hoje