Goiânia é a 9ª cidade no País com mais empresas ativas

Goiânia é a 9ª cidade no País com mais empresas ativas

Empresasgo

Goiânia é a nona cidade no País em número de empresas ativas segundo a consultoria Empresômetro Inteligência de Mercado, que reúne dados de diversas bases oficiais. Mas isso não significa que empreender na capital é algo fácil. Ao escolher uma área para empreender, os empresários têm tido que ficar mais atentos ao momento econômico e aos hábitos de consumo. O consultor de varejo Geraldo Rocha, da Partner Corporate, explica que o varejo, por exemplo, caminha lado a lado com a renda disponível da população.

"O que acontece hoje é que a população carece de novos equipamentos em função da mobilidade que está cada dia mais difícil. Antes, ter um empreendimento bastava para atrair as pessoas a um local. Hoje, tem de pegar esse empreendimento e dividir em várias unidades próximas do consumidor ou vou perder venda", explica sobre o que fez proliferar o número de minimercados e lojas de conveniência.

"A crise trouxe desafios para o empreendedor de se adaptar com canais de vendas diferentes, online, porta a porta e as lojas diminuindo de tamanho para sobreviver. Isso porque há também novos hábitos de consumo." O diferencial é serviço, segundo ele, e entregar sempre mais, já que ao sair de casa o consumidor sabe muitas vezes mais do produto que o vendedor, figura que não pode mais ser passiva, seja na loja de roupa ou de carro.

"A fidelidade está mais difícil, é preciso surpreender. Tanto no caso da moda, que Goiás é um dos maiores polos, como na alimentação, que também é reconhecida", diz. "Muitos acham que têm a receita ideal, só que às vezes é um negócio muito mais complexo e demanda qualificação. Por isso o índice de fechamento é alto. O que mais leva ao erro é a falta de planejamento."

 

Fonte: O Popular.